Vivendo a Adolescência

Jovens pela Educação Integral em Sexualidade

 

O que é?

Jovens pela Educação Integral em Sexualidadeé um iniciativa realizada pela Reprolatina - Soluções Inovadoras em Saúde Sexual e Reprodutiva em parceria com a International Planned Parenthood Federation / Região do Emisfério Ocidental (IPPF-RHO), com o objetivo de reunir lideranças jovens e “adultos aliados”, em especial do Estado de São Paulo, para discutir e construir estratégias de Advocacy para promoção e defesa da Educação Integral em Sexualidade nas escolas, bem como garantir a permanência dos temas de gênero, sexualidade e diversidade sexual no Plano Estadual de Educação do estado de São Paulo, de modo a atender às necessidade de adolescentes e contribuir para diminuição de suas vulnerabilidades e construção de projetos de vida com mais saúde, cidadania e direitos.

Porque precisamos promover e defender a Educação Integral em Sexualiade(EIS)?

O Brasil é um país com grande avanço na criação de documentos legais que garantem como direito a educação em sexualidade e diversos outros direitos com relação à promoção da saúde sexual e reprodutiva. Uma das Diretrizes mais importantes são os Parâmetros Nacionais Curriculares (PCN), que visam garantir aos educandos/as o direito de usufruir dos conhecimentos necessários para o exercício da cidadania. Embora não sejam obrigatórios, os PCN servem como norteadores para professores, coordenadores e diretores, que podem adaptá-los às peculiaridades locais.  Os PCN desde 1997 definiram a educação em sexualidade, na época chamada de “orientação sexual”, como um dos cinco temas transversais que deveria ser incluído nos primeiros quatro anos do ensino fundamental e que o tema homossexualidade (atualmente, diríamos diversidades sexuais) deveria ser incluído desde a quinta série.

Além do PCN outros programas também respaldam a inclusão da educação em sexualidade nas escolas, como o programa “Saúde e Prevenção na escola” (PSE), o programa “Brasil sem homofobia”, e alguns acordos em que o Brasil é signatário como a Declaração Ministerial da Cidade do México: Prevenir com Educação e o Consenso de Montevidéu sobre População e Desenvolvimento.

Entretanto, tem havido alguns obstáculos para a plena implementação desses conteúdos nas escolas, devido a diferentes fatores como: falta de preparo dos/as educadores/as; falta de tempo específico para o desenvolvimento dos temas transversais; os materiais produzidos para trabalhar estas temáticas não chegam a todas as escolas; deficiência de recursos para a formação de educadores/as, entre outros.

Por isso, visando promover e defender os direitos já conquistados, bem como avançar na efetivação da Educação Integral em Sexualidade nas escolas, a Reprolatina vem realizando, desde abril de 2015, em parceira com a IPPF (International Planned Parenthood) projetos de Advocacy com atuação de jovens lideranças para conquistar mudanças políticas que possam garantir a implementação da EIS, principalmente em escolas do estado de São Paulo. Junte-se a nós nesta iniciativa!!!

Como fico sabendo das informações do Projeto?

Curta a nossa fanpage e fique por dentro de todas as informações que estão rolando no Projeto e como você pode participar / contribuir para promoção e defesa da Educação Integral em Sexualidade.

 

"Onde quer que haja mulheres e homens, há sempre o que fazer,
há sempre o que ensinar, há sempre o que aprender”.
Paulo Freire

 


Compartilhe


Entre em Contato

E-mail: contato@adolescencia.org.br

Siga nas Redes Sociais

As informações oferecidas nesta página têm caráter educativo e informativo, sendo assim, não dispensa, em hipótese alguma, uma consulta com um/a profissional de saúde.
Qualquer dúvida, você deve sempre procurar a ajuda de um/a profissional de saúde. É proibida a reprodução do conteúdo total ou parcial dessa página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização por escrito da Reprolatina. Vivendo a Adolescência®© - Todos os direitos reservados 2000 – 2017.

Desenvolvido pela S3Web